Pesquisa mostra que São José está entre as cinco cidades do estado que mais abriram novos negócios

Pesquisa mostra que São José está entre as cinco cidades do estado que mais abriram novos negócios


O bom resultado veio das pequenas empresas abertas em São José dos Campos
O empreendedorismo está em alta em São José dos Campos. Uma pesquisa aponta que a cidade é a quinta do estado em criação de novas empresas. A pesquisa foi feita nos últimos dois anos e São José é a única cidade da região que aparece entre as 30 primeiras da lista. O bom resultado veio das pequenas empresas.

Foi depois de procurar um curso de especialização que a podóloga Edna Guia começou a faturar mais. Hoje o próprio negócio gera lucros para a podóloga, que já faz planos de continuar expandindo. “Temos que ter um diferencial, não ser apenas um podólogo. Hoje eu também sou massoterapeuta e não cuido só do pé, cuido do ser por inteiro”.

Edna faz parte de um mercado que ganha cada vez mais espaço em São José dos Campos: o de microempreendedores individuais. Tanto que a cidade é a quinta no ranking estadual, segundo pesquisa feita pelo Ministério do Desenvolvimento.

Para entrar para esse grupo é preciso preencher alguns requisitos como faturar no máximo R$36 mil anualmente e não ter ligação com nenhuma outra empresa. A orientação para quem quer se tornar um microempreendedor individual é procurar a sala do empreendedor, localizada no Paço Municipal. Lá o autônomo poderá saber se a atividade que pretende desenvolver permite abrir um negócio e o que deve fazer para isso acontecer.

Para o Secretário de Desenvolvimento Econômico da cidade, José de Mello Correa, as vantagens de investir em um negócio próprio chamam a atenção dos empreendedores joseenses. “São muitos benefícios, primeiramente tirar este trabalhadores da informalidade, eles viviam de bico e hoje eles tem nota fiscal e podem trabalhar na formalidade, então eles podem se apresentar para um empresa grande, um negocio grande, um comércio, um serviço e fazer o serviço”.

Ele afirma ainda que a cidade ganha com o investimento dos microempreendedores, já que eles também geram empregos. “Sabemos que isso vai gerar maior emprego e maior renda, lembrando que cada microempreendedor individual pode contratar mais uma pessoa, então cada empresinha dessa pode ter duas pessoas trabalhando”.
Fonte: www.vnews.com.br

0 comentários :

Postar um comentário

Representação Logística

Representação Logística
Cargas Fracionadas e Fechadas para 100% nos estados de SP | RJ | MG | ES | PR | SC | RS | GO | DF | MS | MT